Flickr Images

11 novembro 2015

Zoo - James Patterson e Michael Ledwidge

Algo está acontecendo na naturezaUma misteriosa doença começa a se espalhar pelo mundo. Inexplicavelmente, animais passam a caçar humanos e a matá-los de forma brutal. A princípio, parece ser algo que se dissemina apenas entre as criaturas selvagens, mas logo os bichos de estimação também mostram suas garras e as vítimas se multiplicam.A humanidade é presa fácilApavorado, o jovem biólogo Jackson Oz assiste a escalada dos acontecimentos. Ele já previu esse cenário alarmante há anos, mas sempre foi desacreditado por todos. Depois de quase morrer em uma implausível emboscada de leões em Botsuana, a gravidade da situação se mostra terrivelmente clara.O fim da civilização está próximo.Com a ajuda da ecologista Chloe Tousignant, Oz inicia uma corrida contra o tempo para alertar os principais líderes mundiais, sem saber se as autoridades acreditarão em um fenômeno tão surreal. Mas, acima de tudo, é necessário descobrir o que está causando todos esses ataques, pois eles se tornam cada vez mais ferozes e orquestrados.
Em breve não restará nenhum esconderijo para os humanos...
Olá Pessoal, hoje eu vou falar um pouco do livro do Zoo que o James Patterson, conhecido por sua série policial Alex Cross, junto com Michael Ledwidge escreveram. E também vou falar um pouquinho da série baseada nesse livro.

O livro é contado pelo ponto de vista do biólogo Jackson Oz que trabalha numa teoria da CAH, que diz que o comportamento dos animais está mudando e fazendo com que eles fiquem mais agressivos contra os humanos. O problema é que ninguém acredita nessa tese e Oz é visto como um louco no mundo dos cientistas. Quando seu amigo Abraham liga da África relatando ataques de leões contra turistas em Botsuana, Oz vê uma chance de provar a sua teoria e corre pra lá.

Ele acaba testemunhando com seus próprios olhos o comportamento anormal dos leões e de outros animais, e une forças com Chloe, uma ecologista francesa para tentar convencer o governo de que esses ataques são sinais de que algo muito ruim poderá acontecer.

Paralelo à narração de Oz temos trechos em terceira pessoa que descrevem os ataques de animais contra os humanos, contados geralmente pelo ponto de vista dos animais. A minha parte favorita era nas partes do Átilla, o chimpanzé do Oz.

Eu comecei a assistir a série antes de ler o livro e tenho que dizer que gostei mais dela, apesar de ainda não ter terminado de ver toda a temporada. Uma das razões de ter preferido a série é porque nela são inseridos outros personagens que fazem toda a diferença. Fiquei muito triste quando já estava bem na metade do livro e nem sinal de Mitch nem Jamie. O Abraham aparece no começo e logo é esquecido. Já a Chloe tá presente em todo o livro porém ela é só uma sombra atrás do Oz. Bem diferente da série onde ela é a líder do grupo sempre dando os primeiros passos, até lutando com bandidos na Favela do Alemão. Já o Oz, gostei da personalidade mais séria dele na série. No livro ele é retratado como aqueles gênios incompreendidos com um humor ácido e um pouco irreverente mas que não me convenceu. Outra coisa que não me convenceu no livro foi o romance, achei ele bem forçado.

Apesar do tema principal ser o mesmo a série e o livro mostraram causas diferentes para o fenômeno. O livro nos faz pensar como estamos tratando o ecossistema e o impacto que as novas tecnologias podem causar. Já a série é bem mais dinâmica e trata de segredos e intrigas da indústria, política e da polícia. Os ataques dos animais também são muito interessantes e é bem legal ver a equipe correndo pelo mundo tentando investigar os estranhos comportamentos dos animais. Também gosto muito quando o Mitch, um veterinário, encontra formas bem doidas de fazer os testes dele.

Outra diferença entre série e livro é que a série tem um ritmo muito mais frenético que o livro que foi dividido em duas partes com uma pausa que, pra mim, foi um pouco grande.

Enfim, achei que os produtores da série foram muito felizes nas mudanças do roteiro só senti falta de não terem colocado o Átilla. Quanto ao livro, talvez eu tivesse gostado mais se não tivesse visto a série e me apegado tanto aos personagens, coisa que é difícil de fazer com o livro.

Ainda não sei se terá uma continuação mas o final deixa um gancho para um próximo livro. A segunda temporada da série já foi confirmada. E você já leu ou assistiu Zoo? O que achou? Conte pra mim aí nos comentário... Bjus


2 comentários:

  1. Olá!
    Quero muito ler o livro. Vi os dois episódios da série e achei meio fraca :(
    Adorei o blog, estou seguindo ;)
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir
  2. Oi Andrea!
    Esse é um dos poucos livros do Patterson. Depois de Bruxos e Bruxas não quis me aventurar na narrativa do autor de novo, mas achei a premissa desse um tanto quanto interessante. Já esta na minha listinha.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir

Gostou do post? Seu comentário é sempre bem-vindo!
Se quiser receber novidades sobre o blog, siga-nos!
E não se esqueça de deixar o seu link para que eu possa visitá-los...
Volte sempre!