Flickr Images

05 outubro 2015

Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo - Benjamin Alire Sáenz





Dante sabe nadar. Ari não. Dante é articulado e confiante. Ari tem dificuldade com as palavras e duvida de si mesmo. Dante é apaixonado por poesia e arte. Ari se perde em pensamentos sobre seu irmão mais velho, que está na prisão.Um garoto como Dante, com um jeito tão único de ver o mundo, deveria ser a última pessoa capaz de romper as barreiras que Ari construiu em volta de si. Mas quando os dois se conhecem, logo surge uma forte ligação. Eles compartilham livros, pensamentos, sonhos, risadas - e começam a redefinir seus próprios mundos. Assim, descobrem que o amor e a amizade talvez sejam a chave para desvendar os segredos do Universo.


Esse é um daqueles livros que lembrarei pro resto da minha vida. É tanta emoção em cada frase que é impossível não se apaixonar pela história de Aristóteles e Dante. Dois garotos tão diferentes compartilhando suas experiências um com o outro. Tenho certeza de que todas as palavras que eu vou colocar aqui não farão jus a tudo o que esse livro consegue exprimir mas tentarei fazer o meu melhor.

Escrito em primeira pessoa sob o ponto de vista de Ari, o autor descreve de forma simples mas emocionante a história desses dois garotos e suas famílias.

Ari é um garoto introspectivo, o caçula de uma família de mexicanos que vivem nos Estados Unidos. Parte dessa introspecção é por causa do seu pai, um ex-soldado da Guerra do Vietnã que guarda os horrores da Guerra. Ari tem duas irmãs mais velhas, 12 anos mais velhas e um irmão que todos consideram como morto mas que na verdade está preso. Assim, ele é um garoto solitário até mesmo dentro da própria casa, não que isso o incomode, ele está bem assim.

Naquela tarde, aprendi duas palavras novas. “Inescrutável”… e “amigo”. As palavras ficam diferentes quando passam a morar dentro de você.

Até o dia em que conhece Dante, o garoto impetuoso, confiante e doce. Que gosta de poemas, de nadar e desenhar. Um garoto que poderia ter milhares de amigos mas que escolhe Ari para ser o seu melhor amigo. Assim, esses dois garotos de 15 anos descobrem os segredos da adolescência, da amizade e do amor.
Ao me ver vasculhar o céu através das lentes de um telescópio, Dante cochichou: — Um dia vou desvendar todos os segredos do Universo. Achei graça. — E o que você vai fazer com esses segredos, Dante? — Saberei quando chegar a hora — respondeu. — Talvez mudar o mundo.

Com uma narrativa simples e fluida o autor nos leva a refletir sobre as relações familiares, amizade e amor. Mais do que isso, ele nos faz ver que não devemos ter vergonha de quem amamos. Com uma incrível sensibilidade, o autor ainda trata de um tema muito delicado para se discutir, a homossexualidade. Ambientado no final da década de 80, quando o preconceito era bem maior do que nos dias atuais, Dante irá nos ensinar a não fugir e a nos aceitar da forma como somos.

Besteira, Ari. Você tem a regra mais difícil? Besteira. Duas vezes besteira. Você só precisa ser leal ao cara mais espetacular que já conheceu, o que é como andar descalço no parque. Eu, por outro lado, preciso me segurar para não beijar o melhor cara do Universo, o que é como andar descalço sobre brasas.
Já Ari deverá aprender a enfrentar seus medos e pesadelos, a  amar a si mesmo e aceitar ser amado de volta.
Não consegui decidir se o sonho tinha sido bom ou mau. Talvez bom, porque não acordei triste. Talvez seja essa a forma de classificar um sonho como bom ou mau — como ele nos faz sentir.
Todos os personagens tem algo a aprender e a ensinar mas o que mais me surpreendeu e emocionou foi o pai de Ari que é uma das principais causas do garoto ser tão fechado. Aos poucos ele vai se abrindo e também enfrentará seus próprios pesadelos.
Minha mãe e meu pai deram as mãos. Imaginei como era — como era segurar a mão de alguém. Aposto que às vezes é possível desvendar todos os mistérios do Universo na mão de uma pessoa.
Bom acho que já falei demais né? Pra finalizar gostaria de recomendar o livro pra todas as pessoas sem preconceitos e espero que descubram os segredos do universo junto com Ari e Dante. Eu descobri alguns, acho que nunca descobrirei todos e isso é o que faz desse mundo tão fantástico. Temos tanto a aprender...

Bjus, e até a próxima!!!

2 comentários:

  1. Estou louca pra ler esse livro. A premissa dele é interessante e eu só tenho visto coisas positivas a respeito dele. Acho que falta livros com essa temática e essa quantidade de aprendizado, amor e coisas boas que este livro em específico parece nos apresentar. Quero ter a mesma sensação que você teve ao ler, snif snif. <3

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oii!
    Eu tenho muuita vontade de ler esse livro.
    Adorei a sua resenha! E que bom que foi uma boa leitura.
    Abraços
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Gostou do post? Seu comentário é sempre bem-vindo!
Se quiser receber novidades sobre o blog, siga-nos!
E não se esqueça de deixar o seu link para que eu possa visitá-los...
Volte sempre!