Flickr Images

12 junho 2015

No mundo da Luna - Carina Rissi


A vida de Luna está uma bagunça! O namorado a traiu com a vizinha, seu carro passa mais tempo na oficina do que com ela e seu chefe vive trocando seu nome.
Recém-formada em jornalismo, ela trabalha como recepcionista na renomada Fatos&Furos. Mas, em tempos de internet e notícias instantâneas, a revista enfrenta problemas e o quadro de jornalistas diminuiu drasticamente. É assim que a coluna do horóscopo semanal cai no colo dela. Embora não tenha a menor ideia de como fazer um mapa astral e não acredite em nenhum tipo de magia, Luna aceita o desafio sem pestanejar. Afinal, quão complicado pode ser criar um texto em que ninguém presta atenção?
Mas a garota nem desconfia dos perigos que a aguardam e, entre muitas confusões, surge uma indesejada, porém irresistível paixão que vai abalar o seu mundo. O romance perfeito — não fosse com o homem errado. Sem saída, Luna terá que lutar com todas as forças contra a magia mais poderosa de todas, que até então ela desconhecia: o amor.
Com seu estilo ágil e fluido, Carina Rissi criou em No mundo da Luna uma leitura viciante, permeada de humor, magia e paixão, que vai conquistar você do início ao fim.
Tenho que começar essa resenha falando que esse não foi o melhor livro da Carina Rissi, infelizmente.

Mas vou contar um pouquinho da história dele. Luna acabou de se formar em jornalismo e o máximo que conseguiu foi um emprego de recepcionista na revista Fatos e Furos. O seu chefe, Dante Montini, é um terror e um babaca que nem sabe o seu nome.
Meu chefe, também conhecido como demônio nerd, cão chupando manga e babaca sem noção — e isso tudo nos dias bons —, entrou na redação e lançou seu tradicional: — Bom dia, Clara.
Como a revista está passando por problemas a coluna de horóscopo acaba caindo em suas mãos. Só que ela não entende nada de mapa astral, astrologia ou qualquer outra coisa que se use pra escrever o horóscopo. Então ela vai a uma cartomante que lhe vende um baralho cigano e ela vai correndo pedir a ajuda da sua avó que é cigana. Pois é, ela é meio cigana por parte de mãe mas ela morreu quando a Luna nasceu e ela e seu irmão foram criados afastados da tradição cigana.
E por isso a vó Cecília não concorda em ajudar a Luna dizendo que ler cartas é algo sério e não deve ser usado levianamente. Então a Luna vai ter que se virar sozinha, ou melhor, com a ajuda do Google.

Vladmir, você sabe quem é esse tal cigano Google?
Só que as interpretações das cartas que Luna faz acabam fazendo previsões certas. Na vida pessoal, ela que acabou de terminar com o namorado, acaba se envolvendo com o cara errado. Porque ela odeia ele. Então porque eles sempre acabam na cama?
Eu não gosto de você quando está sóbria. Eu ri de novo. — Eu também não gosto de você quando estou sóbria.
Vou tentar explicar um pouco o que me desagradou na história.

Primeiro porque achei a protagonista chata, irritante e muito nonsense. Tá que as outras protagonistas da Carina tbm são assim, principalmente a Alicia, mas a Luna me cansou demais. Ela é imatura e muito teimosa. É do tipo que odeia perder uma discussão, às vezes fala sem pensar e outras vezes não fala o que tá pensando.
Segundo, achei uma grande falta de profissionalismo dela, que pra resolver seus problemas vai a uma cartomante em vez de, sei lá... tentar uma aula de astrologia com o João Bidu, ela é Jornalista né gente?

Vi muitas críticas positivas sobre esse livro e de fato ele não é ruim, ele segue bem o estilo da Carina. Pra quem já leu algum livro dela vai saber do que estou falando. Pra quem não leu recomendo que leia Perdida ou Procura-se um marido antes de ler esse. Eu já li dois livros dela e esperava algo diferente nesse mas a autora optou por seguir a receita dos outros e me deixou com a impressão de que suas protagonistas são sempre iguais com histórias diferentes. E é justamente as protagonistas que me incomodam em suas histórias não consigo gostar delas.

Em praticamente todo o livro eu queria era dar uns tapas na Luna pra ver se os pensamentos dela iam pro lado certo. Mas ela sempre fazia alguma coisa que eu não aprovava.
Gostei do mocinho e mesmo o livro sendo sob a visão da Luna deu pra ter uma boa noção da personalidade dele, alguns personagens secundários também me agradaram como a vó Cecilia ou o pai do Dante.
Resumindo, O Mundo da Luna cumpre o que promete mas não inova no quesito personagens. A narração é fluida e bem humorada mas algumas cenas são dispensáveis. Há muita enrolação no meio e o final é um pouco corrido. Porém é diversão garantida pra quem gosta de livros desse gênero.
Quero deixar claro que não estou dizendo que não deve ler o livro, essa é a minha opinião e pode ser que você goste dele.
Então, boa leitura e até a próxima...

6 comentários:

  1. Você acredita que mesmo fugindo do gênero que eu gosto, o mundo de Luna da amada Carina está me fazendo uma vontade imensa de ler? Cada resenha que eu leio, me dá vontade de ler, meu Deus, socorro! Hhahaha
    Bem, adoorei sua resenha, você escreve super bem e passa pro leitor uma imensa vontade de ler o livro. Parabéns.
    http://sonatadomedo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiiii.
    Adorei sua resenha e sua sinceridade.
    Eu sou louca para ler algum livro da Carina e vou seguir seu conselho, acho que vou começar por Perdida.
    Li algumas resenhas do livro no mundo da Luna e a maioria foram positivas, mas pelo que deu para entender na resenha eu também acharia a personagem chatinha kkkk
    amei mesmo
    bjs

    Coleções Literárias
    Participe do Top Comentarista

    ResponderExcluir
  3. Eu fico bem chateado quando os autores parecem usar sempre das mesmas fórmulas, dos mesmos personagens, somente com o nome diferente. Acho que isso me desagradaria na obra.
    Adorei a sua resenha, bem sincera.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  4. Oi tudo bom?
    Ai, acho que a Carina é a única autora brasileira que li e realmente gostei sabe? Vamos ver no que da, por mais que seja a mesma formula, pode dar certo kkk

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Andrea!
    Sempre leio uma resenha desse livro, fico me perguntando porque a Luna compra um baralho cigano se a coluna que ela vai escrever é de astrologia. Gostei muito da sua resenha e fico pensando se eu quero ler esse livro, porque eu curti "Procura-se um Marido", mas a Alicia não foi uma protagonista que me cativou tanto, e se a Luna segue o mesmo estilo, acho que vou esperar pelo próximo livro da Carina.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  6. Olá Andrea,
    Tenho dois livro aqui da Carina Rissi, ( No Mundo de Luna e Perdida) mas não li nenhum ainda, acredita?
    Mas vou ler ele em breve!
    Beijos!
    www.lindaestante.com.br

    ResponderExcluir

Gostou do post? Seu comentário é sempre bem-vindo!
Se quiser receber novidades sobre o blog, siga-nos!
E não se esqueça de deixar o seu link para que eu possa visitá-los...
Volte sempre!